História

Institucional

Criado para defender os interesses de uma categoria abandonada pelo Governo, O Sindicato Nacional dos Aposentados, Pensionistas e Idosos da Força Sindical surgiu em 15 de junho de 2000.

Mais de cinco mil aposentados, reunidos na Praia Grande, litoral de São Paulo, participaram de um grande congresso. Naquele momento o sonho dos aposentados em ter seu sindicato virava realidade.

Paulinho, Presidente da Força Sindical na época, mostrou já no discurso de abertura, que o Sindicato Nacional dos Aposentados veio para ficar: “É o maior congresso da história do sindicalismo brasileiro. São 5 mil aposentados numa área de 300 metros de comprimento para o aposentado, a partir de hoje, poder sair daqui com cabeça erguida acreditando que agora vai mudar, que vamos mudar” . Muito aplaudido concluiu: “ E viva os aposentados do Brasil.”

A inspiração para criar o Sindicato Nacional dos Aposentados veio da Europa, com base na Uil Pensionatti, Central que representa milhões de aposentados na Itália. Até hoje essa parceria se mantém firme, trocando informações, experiências, buscando formas de melhorar a qualidade de vida dos aposentados.

No começo foi difícil. Falta de recursos e uma pequena sala dentro da Sede da Força Sindical, não foram empecilho para levar a ideia adiante. Dificuldade em dialogar e apresentar uma pauta dos aposentados para o governo, serviram de motivação para crescer e lutar.

O Sindicato Nacional dos Aposentados, em pouco tempo, alugou sua sede: O prédio do sindicato dos metalúrgicos de São Paulo na Rua do Carmo, palco de grandes conquistas do sindicalismo brasileiro.

Em 2004, no 2º Congresso Nacional do Sindnapi, Inocentini é reeleito, em pouco tempo, a Entidade compra sua sede própria. Meses depois, começa uma grande reforma, que terminou em 2006.

A nova sede foi entregue em 24 de janeiro, data em que se comemora o Dia Nacional dos Aposentados. Agora, um prédio moderno, espaçoso e confortável, para que os aposentados, pensionistas e idosos recebam um atendimento digno merecido.  

São quase 3 mil metros quadrados, divididos em diversos pavimentos para atender as necessidades dos associados, como por exemplo:

Cooperativa de Crédito, inaugurada após anos de luta, onde o associado do Sindicato, tem seu próprio banco, com todas as vantagens que uma Cooperativa oferece: pagamento de contas, empréstimos, poupança, cartões de crédito e débito e com um diferencial, você nem sempre pega fila.

Um Departamento jurídico setor com advogados especializados nas áreas civil, previdenciária, consumidor, trabalhista, entre outras. Além dessas especialidades, temos um atendimento direcionado para consultas e andamentos de processos de revisão e também contagem de tempo de serviço.

O Sindicato também possui um Departamento exclusivo, cuidando de benefícios e parcerias para os associados, como: Plano de Saúde, clínicas médicas, laboratórios, farmácias, óticas, faculdades, entre outros.

Para o lazer do associado, o Sindnapi dispõe de uma agência de turismo, a Unione, com equipe preparada para o atendimento à 3ª idade, onde você aposentado, encontra pacotes para todas as colônias de férias conveniadas, clubes de campo, pousadas e hotéis parceiros da agência por todo o Brasil.

O Sindicato incentiva o esporte na 3ª idade. Apoia um time de futebol formado por atletas com mais de 50 anos e os corredores e medalhistas Oscar Moraes e Jose Alves.

Os associados, contam ainda com um amplo espaço para realização de bailes mensais, com bandas ao vivo e corais que se apresentam e levam alegria aos pés de valsa.

O Sindicato também abriga no 3º andar da Sede, o Centro de memória Sindical, uma base de consulta em arquivos que contam a história do Sindicalismo brasileiro.

Com uma diretoria comprometida com os desafios e necessidades da categoria, o SINDNAPI estruturou-se ao longo desses anos, em todos os estados, são mais de 80 Sedes espalhadas por todo o país, sendo 10 delas sedes próprias.

Em três sedes funcionam os CIVIs:   que são os Centros de Integração e Valorização do Idoso, um em Americana, que sediou o 3º Congresso Nacional do Sindnapi e diversos eventos, outro em Araçatuba, e o mais recente, inaugurado em 2014, na cidade de Londrina no Paraná.

Com toda esta estrutura, e com mais de 200 mil associados, o Sindnapi se torna um dos maiores Sindicato do Brasil e da América Latina

As relações com o Governo no início foram importantes para que em 2009 o Sindnapi conseguisse seu reconhecimento com a carta sindical, que o coloca oficialmente na estrutura sindical do País.

Nesses 15 anos foram muitas as conquistas do Sindicato

  • Revisão e Pagamento dos atrasados sobre 2,8 milhões de benefícios por incapacidade que injetou 14,9 bilhões na economia.
  • Ação de revisão dos benefícios calculados de forma errada URV e ORTN.
  • Política de reajuste do salário mínimo com ganhos reais acima da inflação.
  • Recebimento dos benefícios no quinto dia útil de cada mês.
  • Antecipação do reajuste anual dos benefícios para janeiro.
  • Antecipação da primeira parcela do 13º salário para o mês de julho.
  • Descontos de até 90% nos preços de medicamentos de uso contínuo.
  • Aumento real dos benefícios, em 2009, para quem recebe acima do salário mínimo.
  • Ações judiciais que resultaram, em 2011, no pagamento da revisão do teto dos benefícios.

As conquistas obtidas nos últimos anos melhoraram a situação dos aposentados, pensionistas e idosos, mas há muito ainda por fazer:

  • Extinção do fator previdenciário, com a adoção da Fórmula 85/95;
  • Adoção de uma política de aumento real para os benefícios com valor acima do salário mínimo;
  • Manutenção da política de recuperação do salário mínimo até 2023.
  • Criação do Índice Nacional de Preços para a Terceira Idade.
  • Isenção do Imposto de Renda para os aposentados.
  • Manter e ampliar a lista de remédios gratuitos de uso contínuo.
  • ·Criação da Secretaria Nacional dos Aposentados, Idosos e Pensionistas.

Nesses 15 anos, o SINDICATO sempre participou de muitas lutas em Brasília, não faltou disposição para sair as ruas em marchas ou manifestações junto com as Centrais Sindicais, exigindo o Fim do Fator Previdenciário, recuperação do poder de compra e aumento real para quem ganha acima do mínimo, tomando as principais avenidas do Brasil, mas sem dúvida uma das manifestações mais importantes na história do Sindnapi, foi o “ Abraço em Cristo“ uma grande concentração de aposentados no Cristo Redentor no Rio de Janeiro, para pressionar o governo e mostrar ao país capacidade de organização dos aposentados brasileiros.

O Sindicato dos Aposentados virou referência de qualidade e comprometimento com a causa dos aposentados. Desta maneira, torna-se respeitado e procurado pela grande mídia do país. A exemplo disso, hoje temos espaço na grade de programação da rádio Trianon, um programa apresentado pelo locutor Lucas Neto, e mais duas participações com o radialista Figueiredo Junior, nos programas da Super Rádio e da TV Mix.

Ponto de encontro de Autoridades e Celebridades, o Sindicato dos Aposentados já recebeu inúmeras visitas em nossa Sede, políticos, líderes Sindicais, artistas, jogadores de futebol, muitos inclusive entrando para o quadro de associados da entidade.

Durante esses 15 anos, perdemos muitos companheiros, e em nome do nosso Diretor Jurídico Marcelo Gato, falecido em 2012, não podemos deixar de prestar homenagem a todos eles, que muito contribuíram para aposentados e pensionistas desse País.

No final de 2013 João Inocentini se licencia da Presidência do Sindnapi, para expandir a Coopernapi, a Cooperativa dos Aposentados, para todo o Brasil e também desenvolver projetos no Partido Solidariedade. Quem assume a presidência do Sindicato é Carlos Andreu Ortiz, experiente líder Sindical, ex-presidente do Sindnapi no Estado de São Paulo e também ex-secretário de relações do trabalho e emprego do Governo do Estado de São Paulo.

Porque a história do Sindicato Nacional dos Aposentados, Pensionistas e Idosos da Força Sindical, nós escrevemos todos os dias e a todo momento por diretores competentes em todos os Estados do Brasil.