ConJur - Aposentado que contribuiu mais de 10 anos para plano de saúde tem direito a mantê-lo nas mesmas condições que tinha quando trabalhava. Com base nesse entendimento, a 8ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho restabeleceu sentença que condenou um banco e uma seguradora de saúde a reincluir, de forma vitalícia, a mãe de uma empregada no plano de saúde.

João Baptista Cilli Filho, titular da 3ª Vara do Trabalho de Araraquara (SP), diz que "no Brasil, a terceirização ganha os contornos próprios da exploração periférica, apresentando-se, também, como meio de fraudar garantias trabalhistas mínimas, livrar-se de conquistas de categorias mais organizadas ou mesmo uma tentativa de se livrar ileso da ofensa aos direitos trabalhistas"; o magistrado também aponta para maior precarização das condições de trabalho e, consequentemente da vida, a partir dos efeitos da "quarteirização" e do "trabalho intermitente"; confira entrevista feita por Ricardo Flaitt

O Sindicato Nacional dos Aposentados, Pensionistas e Idosos da Força Sindical fez uma denúncia, ontem (28/3), no Tribunal de Contas da União contra o Presidente Michel Temer e o secretário Marcelo Caetano, reivindicando a realização de auditoria na Previdência Social para que o governo demonstre a existência de um déficit nas receitas, principal justificativa apresentada para viabilizar a Reforma.