GOLPES | Idosa suspeita de dopar aposentados para roubar dinheiro no Recife é procurada pela polícia

Notícias

Mulher de 65 anos acusada de dopar vítimas para roubar dinheiro sacado em bancos de Casa Amarela, na Zona Norte da cidade, teve a prisão preventiva decretada pela Justiça.

G1 - Uma mulher de 65 anos é acusada de aplicar golpes em aposentados no momento em que os idosos fazem o saque nos caixas eletrônicos. A maioria dos casos foi registrada na Delegacia de Casa Amarela, na Zona Norte do Recife. O nome da suspeita, que teve a prisão preventiva pedida pela Polícia Civil e decretada pela Justiça, não foi divulgado. (Veja vídeo acima)

De acordo com a delegada Lídia Barci, responsável pelas investigações, mais de 50 pessoas prestaram queixa à Polícia Civil. Segundo ela, a mulher costuma dopar as vítimas para roubar o dinheiro que elas haviam sacado de bancos na região de Casa Amarela.

"Ela agia nos corredores de bancos de Casa Amarela, tentando praticar o golpe principalmente em idosas. Ela abordava a idosa e fazia com que a vítima acabasse dando todo dinheiro que tinha, porque era dopada com um medicamento de tarja preta que faz com que a pessoa desmaie ou durma", afirmou Lídia.

Ainda segundo a delegada, a mulher costumava fazer vítimas que já haviam ido a algum banco para sacar dinheiro. "Ela aproveitava e sacava todo dinheiro que estava dentro da bolsa da vítima. Ela já tinha visto que havia sido feito o saque e, a partir disso, ia atrás essa vítima, ludibriava, fingia que estava passando mal e acaba levando ela para um restaurante ou alguma coisa nessa situação", disse.

De acordo com a corporação, a mulher tinha um histórico de passagens pela polícia, incluindo crimes como estelionato e furto mediante fraude. "Essas pessoas idosas têm que prestar atenção, não atender porta de casa, telefonemas estranhos, não assinar nenhum tipo de documento. Sobre tudo o que é referente ao INSS ou banco, vá até o seu banco", recomenda a delegada.

Aposentadorias

A Polícia Civil de Pernambuco também investiga denúncias de golpes no saque de aposentadorias. Parte das pessoas prejudicadas tem conta na agência da Caixa Econômica Federal localizada no Cais do Apolo, no Bairro do Recife, na área central da capital. Algumas vítimas relataram que o dinheiro foi retirado na Paraíba.

Ao todo, 50 aposentados tiveram o benefício retirado por outras pessoas. A Caixa Econômica Federal e o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) informaram que 70% dos idosos que foram lesados tiveram o dinheiro devolvido.

Durante as investigações, Lídia Barci afirmou que esse tipo de golpe se trata de uma fraude no próprio sistema financeiro.

"Lendo todos os boletins de ocorrência, além de todos os históricos, chegamos à conclusão de que se trata de uma fraude contra o sistema financeiro, contra o INSS, o que é competência da Polícia Federal. Fizemos o contato e, a partir de agora, o caso está sendo encaminhado para lá. Estamos compilando todas as informações", afirmou a delegada.