REFORMA | Bolsonaro vai ‘bater o martelo’ sobre Previdência após voltar de Davos

Notícias

Principal impasse sobre a Previdência é o tratamento que será dado aos militares na reforma da Previdência - categoria quer regra diferenciada

O presidente Jair Bolsonaro vai “bater o martelo” sobre a proposta de reforma da Previdência a ser enviada ao Congresso quando voltar de Davos, onde participará do Fórum Econômico Mundial. A informação foi dada nesta terça-feira pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

Antes de embarcar para a cidade suíça, Bolsonaro vai assistir a uma apresentação feita pela equipe econômica sobre a reforma.

Segundo Onyx, somente quando voltar da Europa é que Bolsonaro vai definir a proposta será enviada pelo governo ao Congresso. O encontro acontece entre os dias 22 e 25 de janeiro.

O principal impasse sobre a Previdência é o tratamento que será dado aos militares na reforma. A categoria defende um regime diferenciado e argumenta que a carreira possui peculiaridades diferentes dos trabalhadores da iniciativa privada e servidores.