Atendimento de associados na Coopernapi

Renê Gardim Рda Assessoria de Imprensa

A Coopernapi, Cooperativa de Crédito do Sindicato Nacional dos Aposentados, Pensionistas e Idosos РSindnapi, ajustou sua tabela de taxas de juros do empréstimo consignado adequando decisão do Conselho Nacional da Previdência Social (CNPS), com o teto de 1,68%. Assim, a média do percentual cobrado pela instituição sindical agora é de 1,56% ao mês para os associados e de 1,60% para não-associados (veja tabela abaixo). A nova tabela, aplicada a partir de quinta-feira (02) em novos contratos e refinanciamentos, mantém a cooperativa com taxas entre as menores do mercado.
Liliane Stella Beil, diretora presidente da Coopernapi, lembra ainda que a institui√ß√£o financeira oferece empr√©stimos consignados a partir de seis parcelas at√© 84 parcelas. ‚ÄúA maioria dos bancos est√° operando apenas com cr√©dito a partir de 36 vezes, que t√™m juros maiores. Mas n√≥s temos o foco no aposentado e por isso mantemos op√ß√Ķes de seis meses em diante, com juros diferenciados.‚ÄĚ
Milton Cavalo, presidente do Sindnapi, que j√° presidiu o Conselho de Administra√ß√£o da Coopernapi, lembra que a meta sempre foi atender o nosso s√≥cio com cr√©ditos acess√≠veis e que cabem em seus benef√≠cios, sem afetar seu poder aquisitivo. ‚ÄúTanto que a cooperativa realiza, periodicamente, curso de orienta√ß√£o financeira para garantir que os aposentados n√£o se endividem com valores acima de suas capacidades‚ÄĚ.
Com mais de 3 mil cooperados, a Coopernapi disponibiliza, al√©m do consignado, empr√©stimo pessoal para aposentados e pensionistas ligados ao INSS, conta corrente, cart√£o de cr√©dito, seguros, poupan√ßa e cons√≥rcios automotivos e imobili√°rios. ‚ÄúOu seja, tem tudo que um banco convencional oferece, com um diferencial que s√£o as tarifas bem mais baratas em rela√ß√£o √†s praticadas pelo mercado financeiro‚ÄĚ afirma o presidente Milton Cavalo.